Sexualidade na adolescência

Para os pais, é sempre difícil aceitar que os filhos já não são mais crianças e começam a ter a própria vida, pensam em sexo, desejam sexo e talvez, já o pratiquem. O tempo gasto em pensamentos sexuais, planos e experiências, se não for bem direcionado pode dominar a mente e o corpo deste adolescente em desenvolvimento. Todos os pais sabem dos riscos do sexo::a gravidez não planejada, as doenças sexualmente transmissíveis, e as decepções que os filhos poderão enfrentar ao iniciar o despertar da sexualidade. Portanto, como o sexo é um instinto natural, os pais podem e devem auxiliar o amadurecimento emocional dos filhos para uma vida sexual equilibrada e feliz.

Como fazer isso? Primeiro passo: Compreender e aceitar o desenvolvimento da sexualidade do filho, criando um clima de franqueza e orientando-o nas descobertas sexuais.Certifique-se de que ele está bem informado .Por mais que a conversa possa ser embaraçosa , é a melhor maneira para evitar outros problemas.