Depressão de fim de ano

A proximidade do final do ano comumente gera um sentimento de tristeza, de insatisfação pelo que foi vivido e frustração pelo que se deixou de viver . Observa-se que nesse período as reflexões do que não foi concretizado desencadeiam emoções de frustração e muita tristeza pela não realização das metas planejadas no início do ano.

Esses questionamentos do que não foi bem sucedido frequentemente são direcionados para avaliações negativas, que derrotam ainda mais quem se encontra deprimido pelo término do período estipulado para essas realizações.

A interpretação do passado pelo aspecto das oportunidades perdidas, do tempo desperdiçado, do insucesso das iniciativas, reforça o sentimento de inadequação e impotência nas mudanças prometidas .

O momento não deve ser de lamentos mas de crescimento. Uma avaliação positiva do que foi aprendido nesse período , os erros servindo como caminhos percorridos que geraram experiências importantes para o futuro ( como prevenção de situações desagradáveis ou mais sérias no futuro, ou ainda estímulo para novas atitudes).

O fato deve ser encarado de outra forma. Se você não gostou das suas atitudes no passado , reflita sobre os erros para não repeti-los no presente. Sobre o passado nada pode ser feito. Mas você pode fazer alguma coisa pelo presente e pelo futuro.

Então comece já:

  • Procure lembrar de quem o ajudou. Seja grato
  • Perdoe aqueles que o magoaram. O sentimento de mágoa só piora a sua qualidade de vida e não altera o comportamento de quem o feriu. Sendo assim, livre-se dele
  • Valorize as partes da vida que se sente satisfeito
  • Coloque no papel o que você não deseja repetir
  • Escreva o que deveria fazer de diferente
  • Estabeleça novas metas, com datas aproximadas para a sua realização e fixe-as num local visível para que sirvam de lembrete quando a motivação tornar-se insuficiente para as atitudes
  • Especifique as etapas para alcançar essas metas
  • Tome providências concretas para realizar seus sonhos
  • Avalie e procure mudar: O que está fazendo que não gostaria de fazer
  • O que não está fazendo e gostaria de fazer
  • Procure se inspirar em quem você admira e siga seus caminhos
  • Não espere ter vontade para iniciar seu projeto, a vontade aparece assim que você começa a agir, portanto o momento é agora. Chega de tristeza e mãos à obra! Feliz Ano Novo!