Dia da mulher

Ser mulher no sec. XXI significa articular o complexo ciclo da vida, realizando uma imensa variedades de tarefas com equilíbrio nas relações humanas e sociais.

Desenvolver o potencial de companheira da família, dos amigos e parceira do homem que ama; ser mãe dotada de sensibilidade para perceber e satisfazer as necessidades dos filhos; trabalhar atendendo a demanda do mercado, buscando qualificações para atendê-la e para prover ou complementar o sustento do seu lar.

Esses fatores estão cada vez mais presentes nas decisões dessa mulher moderna, indicando uma tendência que vem se consolidando , mostrando que para grande parte dessas mulheres, sua atividade intelectual e produtiva fora do lar é tão importante quanto à maternidade e o cuidado com os filhos.

Essa geração de guerreiras dos desafios do cotidiano, prosseguiu exercendo seu papel de filha, esposa, mãe, amante e amiga; superando as dificuldades, que durante séculos, impediram que mulheres ocupassem funções antes reservadas apenas aos homens, obstando que mostrassem sua capacidade de administrar lares, sociedades e empresas.

Suas relações com os homens tornaram-se mais transparentes e igualitárias. A mulher moderna necessita desenvolver cada vez mais um grau de tolerância e harmonia interior muito grandes, já que as mudanças conquistadas estimulam a sua auto-exigência e sentimentos de culpa e angústia muitas vezes pela necessidade de afastar-se dos filhos durante sua jornada de trabalho.

É fundamental que a mulher continue desenvolvendo suas habilidades, lutando pelos seus sonhos, sua independência, mas, sem sacrificar outros aspectos importantes da sua vida que geram o equilíbrio tão desejado para a sua felicidade.

Parabéns à todas as mulheres que são responsáveis pela formação de uma sociedade melhor.